webradioatividade

5551-986151490

 
Um grupo de missionários do Vale da Bênção, em Araçariguama (SP), morreu em um acidente rodoviário na BR-116, durante uma viagem que faziam para evangelizar moradores de uma cidade no sertão do Pernam

 

 

Um pastor está no olho do furacão depois de uma reação considerada exagerada ao barulho que uma criança estava fazendo durante seu sermão. Ele pediu que a mãe saísse do templo e fosse acalmar a criança no berçario.

Dan Smith lidera a United Church na cidade de Gallatin, no estado do Tennessee (EUA), uma igreja em ascensão. Durante um culto recente, o barulho de uma criança teria incomodado o pastor durante sua pregação, e ele reagiu dizendo que ela estava atrapalhando e que o melhor era que a mãe e a criança saíssem.

 
PUBLICIDADE
 

“Ei, recepcionistas, vocês podem mostrar a eles onde fica o berçário? Não quero brigar com uma criança o tempo todo, então, por favor, me ajude”, disse o pastor. Imediatamente, um burburinho entre os fiéis se instalou no templo, dando a entender que Smith havia sido rude com a criança e sua mãe.

O pastor tentou retomar seu raciocínio, mas os fiéis não se conformavam, o que levou o pastor a interromper a pregação mais uma vez: “Ok, deixe-me parar. Só porque eu fiz isso, todo mundo está pirando porque eu disse isso. Ouça, nós amamos crianças. E você […] querida, olhe para mim… nós amamos crianças, mas se uma criança vai afetar todo o culto porque ela está irritadiça ou o que seja, temos TVs que estão lá atrás, então isso é legal”, disse o pastor.

ANÚNCIO

Em seguida, ele estendeu sua reclamação sobre a situação: “Se as pessoas se ofenderem com isso, tudo bem. Não afetarei 250, 300 pessoas no templo porque a criança está chorando. Escute, eu amo crianças. Mas veja, o foco de todos está aí agora. E querida, desde que ela esteja bem, você fica lá e faça o que faz. Mas preciso que você entenda”, acrescentou.

Ao notar que alguém se levantou e saiu do templo, o pastor reiterou sua postura: “Ok. Não afetarei 300 pessoas por causa de uma criança chorando. É por isso que temos TVs do lado de fora, é por isso que temos um berçário. Se você se ofender com isso, me desculpe, me desculpe, mas não vamos fazer isso. E sei que pareço um idiota agora, mas não vamos afetar 300 pessoas por causa disso. Deixe-me tentar retomar o raciocínio”, finalizou.

O vídeo com a bronca desmedida do pastor por causa de uma criança no culto vem repercutindo intensamente nas redes sociais após a mãe da mulher que foi expulsa do culto publicá-lo no Facebook, com um desabafo sobre a postura rude de Smith.

Ela enfatiza no texto escrito que o bebê de 15 meses não estava chorando. “Como esse pastor pode chamar a si mesmo de homem de Deus e tratar um membro da congregação dessa forma e dizer que não se importa que alguém se sinta ofendido?”, questionou.

ANÚNCIO

Veja (em inglês):

 

“MAS JESUS CHAMOU A SI AS CRIANÇAS E DISSE: “DEIXEM VIR A MIM AS CRIANÇAS E NÃO AS IMPEÇAM; POIS O REINO DE DEUS PERTENCE AOS QUE SÃO SEMELHANTES A ELAS” –LUCAS 18:16


Agora na Rádio


Enquete
O que ta Achando da Nossa Programacao
Otimo
Bom
Recular
Ruim
Nao Sei Dizer
Ver resultados

As mais pedidas
1
Filho
Mara Lima
2
Pregadores de Rosas
Marcos Antonio
3
Valeu a Pena Ser Fiel
Aurilena Dorado
4
Quer Vitoria
Mattos Acimento
5
Deus esta escrevendo
Samuel Mariano
6
Você e Especial
Daniel e Samuel
7
A Casa e Sua
juliane souza e leo brandao

Estatísticas
Hoje: 4
Esta Semana: 16
Este Mês: 27
Total de Acessos: 8170
Publicidade
teste
 
 
  Atividade - Todos os Direitos Reservados   Logo da Empresa